Seguros de viagem

Economize até 50%

 

Viajar à Islândia, todo o que precisa saber

Está com vontade de tirar férias em um lugar incrível, conhecendo paisagens nunca vistas? Já pensou em viajar para Islândia? Confira as informações essenciais para planejar sua viagem e fazer realidade seu sonho.

 

Viajar à Islândia

 

Viajar à Islândia: mudar paradigmas conhecendo um lugar diferente

A Islândia é um país localizado dentro do continente europeu que possui a menos quantidade de população de Europa: somente 320.000 habitantes. A maioria deles mora perto do litoral, dado que no interior do país vira um deserto de gelo durante os meses de inverno.

Porém, contrariamente ao que se costuma pensar ou dizer, a Islândia não é uma superfície completamente coberta de gelo, senão que possui diversas paisagens como fiordes, poças ferventes de lama, vales rodeados de geleiras e grandes extensões de terra com grama verde e muitas fazendas.

Antes de viajar para Islândia, é bom que você saiba que é um país frio, mas nem tanto como poderia ser de acordo a sua localização geográfica. No verão as temperaturas ficam ao redor de 13 graus centigrados durante o dia e 7 graus à noite. Já no inverno muda um pouco, pois oscila entre -5 e 0 graus e costuma nevar e chover bastante. Independentemente da estação do ano, é habitual que vente muito e que o clima mude varias vezes por dia.

 

A maioria dos turistas escolhe viajar à Islândia entre meados de junho até o fim de agosto, período que coincide com as férias dos islandeses. É em esta época que se podem fazer a maior parte dos passeios e viagens de aventura, aproveitando as atrações naturais, e também é neste momento em que se exibem os festivais de arte ou culturais ao ar livre.

 

Melhor época para viajar para a Islândia

 

Porém, o resto do ano também oferece experiências interessantes para os turistas, dado que na Islândia costuma se celebrar o Natal com muita emoção e nas ruas pode se ver o espírito do ano novo permanentemente. Além disto, a aurora boreal atinge seu máximo esplendor e beleza durante o inverno e em esta estação também é possível fazer cavalgadas, praticar esportes de neve ou descansar nos spas.

Antes de chegar lá, é importante que você considere a quantidade de horas de luz solar que há na época escolhida da sua viagem, para poder programar passeios e minimizar os efeitos físicos e emocionais que o excesso ou a falta de luminosidade provocam nas pessoas.

 

Durante o verão a escuridão nunca é completa, pois o sol fica baixo no horizonte. Na primavera e no outono as horas de sol são parecidas com aquelas da Europa ocidental ou o sul do Brasil. Já no inverno, só possui 4 ou 5 horas de luz solar.

 

Viajar para Islândia desde o Brasil não é complicado. É só pegar um vôo até qualquer capital européia e logo após fazer uma conexão até o país boreal. Madri, Londres, Paris, Milão, Amsterdã e Frankfurt possuem conexões diretas. Outra opção é ir pelos Estados Unidos, mas em esse caso, tem que ter visto americano.

 

Requisitos para viajar à Islândia

 

Quais são os requisitos para viajar à Islândia

O primeiro requerimento para visitar à Islândia é ter um passaporte com uma validade de pelo menos seis meses após a data de retorno marcada. A boa notícia é que não se precisa de visto para fazer turismo no país, sempre que a viagem dure menos de 90 dias.

A Islândia é um país europeu, mesmo não pertencendo à União Européia, é signatário do Tratado de Schengen e por este motivo solicita que os turistas estrangeiros ingressem ao território com um seguro de saúde com uma cobertura igual ou maior a 30.000 euros.

Este seguro de saúde pode ser solicitado ao momento de passar por imigração, assim como também passagem de volta e endereço do hotel no qual você ficará hospedado durante a viagem.  Caso não cumprir com algum de estes requerimentos, seu ingresso pode ser barrado.

Se você já tiver feito a imigração em outro país do espaço Schengen, provavelmente o deixem passar sem nenhuma verificação de documentos, dado que o Tratado favorece a livre circulação de pessoas.

 

 

Organize sua viagem: quanto custa viajar à Islândia

Chegou o momento de fazer o orçamento! Viajar para a Islândia não é barato, mas garantimos que vale a pena. Em termos gerais, tomando em consideração ingressos, alimentação e passeios, você deveria calcular levar uns 100 euros por dia, por pessoa. Se puder levar mais, muito melhor!

 

Fazendo alguns cálculos rápidos, os preços oscilam ao redor de R$ 30 um hambúrguer, R$ 24 uma cerveja em um bar e R$ 360 por diária em um hotel simples. É bom ir prevenido e saber que em algumas ocasiões os turistas pagam impostos extras sobre determinadas compras.

 

O melhor é pagar hospedagem e aluguel de carro com antecedência, para não ter imprevistos em meio à viagem que possam desestabilizar seu orçamento.

 

Dicas para viajar para a Islândia

 

Conselhos de viagem: que visitar na Islândia

A Islândia oferece muitas atrações e lugares que vale a pena conhecer:

 

  • Lagoa Azul

O spa termal Blue Lagoon fica na cidade de Grindavik, e possui seis milhões de litros de água com temperaturas entre 37 e 39 graus centigrados. Ao redor da Lagoa Azul tem paisagens com formações de lava e cachoeiras que parecem tiradas de um sonho.

 

  • Reykjavik

A capital da Islândia é um lugar bonito, limpo, harmônico e muito organizado. Oferece locais para diferentes gostos, pois tem centros culturais, museus, galerias de arte, parque, praças, bares, cafés elegantes e ótimos restaurantes.  Um bom passeio para fazer lá é visitar o Harpa, a casa de ópera, onde poderá observar a cidade através de muros de vidro.

 

  • Parque Nacional Thingvellir

Localizado a 45 quilômetros da capital, é um lugar assombroso não somente pela geografia, senão também pela história. O parque constitui a divisão entre as duas placas tectônicas que, ao se afastar, criaram o que logo após seria o território islandês, e é também o local onde funcionou o primeiro Parlamento do país.

 

Que visitar na Islândia, Thingvellir

 

  • Praias de areia preta

Caso ficar com saudade dos litorais do Brasil, pode visitar a região de Vik, onde se encontram praias de areia preta, produzida pela atividade vulcânica. As formações rochosas também fazem parte da paisagem.

 

  • Geyser Strokkur

Islândia possui muitos geysers, que são nascentes termais que entram em erupção de maneira freqüente, lançando jatos de água. Um dos mais famosos é o Strokkur, que fica na parte sudoeste do país. Este geyser libera água a cada quatro a oito minutos, com jatos que podem atingir até 40 metros de altura.

 

Que visitar na Islândia, Strokkur

 

  • Lagoa dos Icebergs (Jökulsárlón)

Já pensou em se aproximar do gelo? Na Islândia isto é possível! Nesta lagoa você poderá navegar através dos icebergs, incluso ver como são levados pelo mar até se derreter ou se unir com outras formações geladas. Um passeio que vale muito a pena.

 

  • Skógafoss

Localizada na linha costeira do sul, este lugar é uma das maiores quedas de água do país. Possui uma altura de 60 metros e uma largura de 25 metros, e, graças à quantidade de partículas de água da atmosfera, nos dias de sol pode se observar um arco-íris.

 

 Viagem para Islandia, Skógafoss

 

Seguro de viagem para a Islândia, necessário para desfrutar

Agora que já conhece as particularidades da ilha em referência ao clima e sabe quais passeios não pode se perder, é tempo de falarmos sobre a necessidade de contratar um seguro de viagem quando viajar à Islândia.

Este país, que possui um sistema de saúde de altíssimo nível e conta com a maior quantidade de médicos per capita no mundo, faz parte do espaço Schengen. Isto implica que todo turista deve contar com um seguro de saúde com uma cobertura de mínimo 30.000 euros para poder ingressar na Islândia.

 

Em Asseguresuaviagem.com.br podemos lhe oferecer diversas opções de coberturas de saúde para que você possa cotar, comparar e comprar o seguro de saúde que mais lhe convenha para sua viagem para Islândia. Entre em contato conosco!

 

Escribir un comentario

Código de seguridad
Refescar