Coris Assistance Cardinal assitance Euroamerican assistance Latin assistance Travel Ace Assistance Axa assistance

Tratado de Schengen

Planejando ir para Europa? Já pensou em todos os países que quer visitar e desenhou todos os percursos incluindo os principais pontos turísticos que não quer perder? Antes de embarcar e preparar as malas, é fundamental que conheça de que se trata o Tratado de Schengen.

 

Tratado de Schengen

 

Qual é o tratado de Schengen?

O tratado de Schengen é um acordo assinado entre 26 países que estabelece a abertura de fronteiras e a livre circulação de pessoas dos países signatários, permitindo a entrada e saída sem restrições para os cidadãos e moradores dos Estados assinantes.

Este acordo foi assinado o dia 14 de junho de 1985, na vila de Schengen, em Luxemburgo. Além da abertura das fronteiras internas, o tratado reforçou as fronteiras externas, unificando os critérios de admissão, circulação e permanência dos estrangeiros.

Graças ao Tratado de Schengen, as regras para a imigração e para a entrada e saída de pessoas de origem estrangeiro, assim como as documentações requeridas, foram padronizadas e começaram a ser exigidas por todos os países signatários.

 

Quais são os países que compõem o espaço Schengen?

Os países que fazem parte do espaço Schengen são Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Países baixos, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça.

Porém, na data da origem do acordo, só cinco países o assinaram. Com o decorrer do tempo, o Tratado Schengen foi ganhando adeptos até chegar à atualidade. No dia de hoje conta com 26 Estados assinantes.

É bom saber que dentre os países que fazem parte do Acordo de Schengen, a maioria são membros da União Européia, mas também existem alguns que se encontram dentro do Tratado, mas só como Estados Associados. Este é o caso de Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suiça.

Além disso, existem países que formam parte da União Européia, e compartilham o sistema monetário, político e administrativo, mas não assinaram o Tratado Schengen.

 

Seguro de viagem Europa: exigência obrigatória para obter o certificado Schengen

Se você está planejando viajar para algum dos países que fazem parte do acordo Schengen, antes de arrumar as malas e comprar as passagens, tenha em conta que para os estrangeiros que desejem ingressar ou visitar esses Estados, a contratação de um seguro saúde não é opcional, senão que é obrigatória.

Segundo estabelece este acordo, todas as pessoas estrangeiras que ingressem ao território europeu, independentemente do motivo ou da duração da viagem, estão obrigados a contratar um seguro de saúde com uma cobertura mínima de EUR 30.000, ou seu equivalente em dólares. Se não contar com este seguro, sua admissão na Europa pode não ser aceita.

O sistema de saúde na Europa não é gratuito para os estrangeiros então, independentemente do estabelecido pelo Tratado Schengen, contar com um seguro de saúde na sua viagem aporta tranqüilidade, já que oferece assistência médica, odontologia e jurídica em casos de imprevistos, doenças ou acidentes, evitando gastos e contratempos desnecessários.

 

Cotação on line do seu seguro Schengen e obtenha o melhor preço

Vai viajar ao Velho Mundo? Quer contratar seu seguro de viagem para Europa para se sentir seguro e protegido? Em Asseguresuaviagem.com poderá fazer a cotação on line com a garantia de obter os melhores preços.

Não importa seu orçamento, a duração e o motivo de sua estadia na Europa ou o perfil dos passageiros. Em Asseguresuaviagem.com temos as melhores opções de seguro de saúde para todo tipo de viagem.

Cuide da sua saúde, mas não se esqueça de seu bolso! Ingresse à nossa ferramenta de cotação, compare custos on line e obtenha os melhores preços. Entre em contato conosco!

Escribir un comentario

Código de seguridad
Refescar