Seguros de viagem

Economize até 50%

 

Vantagens de estudar no estrangeiro

 

Vantagens de estudar no estrangeiro

 

Está pensando em estudar no exterior, mas duvida se será uma escolha certa? Confira os principais motivos para fazer um intercâmbio estudantil.

 

 

Por que estudar no estrangeiro?

- Porque ajuda ao desenvolvimento pessoal.

Viajar ao estrangeiro para estudar será uma oportunidade única para você porque significará um crescimento não somente no âmbito profissional, mas também no pessoal. Poderá conhecer e criar novos interesses e desenvolver aspectos próprios que talvez nunca você tenha considerado.

Isto ajudará a que seus objetivos de carreira e preferências laborais fiquem mais claros, contribuindo ao seu desenvolvimento.

 

- Porque permite conhecer em profundidade novas culturas:

Ao morar no estrangeiro você entrará em contato com outras formas de vida e sua cotidianidade. Aprenderá sobre costumes, formas de vida, gastronomia, vocabulário e características próprias da região e do país onde se estabelecerá.

Conviver com pessoas que possuem modos de ser diferentes não somente lhe aportará diferentes conhecimentos, senão que lhe permitirá ter uma maior abertura às diferenças.

 

- Porque contribui a melhorar seu currículo:

Estudar no exterior aporta um grande diferencial na sua carreira, especialmente em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e dinâmico. Ter morado no estrangeiro, falar fluentemente uma segunda língua e ter feito um curso acadêmico ou de aperfeiçoamento será muito valorizado pelas empresas.

Sem contar que as pessoas que tem a possibilidade de fazer um intercâmbio normalmente são mais versáteis e se adaptam às diferentes situações e entornos laborais.

 

- Porque lhe aporta novos contatos:

Além de fazer amigos, a experiência lhe brindará a chance de estabelecer relações profissionais com pessoas de outras nações, ampliando sua rede de trabalho e abrindo sua carreira a novas possibilidades.

 

Por que estudar no estrangeiro

 

Vantagens de estudar no estrangeiro.

Fazer um curso no exterior tem vários benefícios, pois permite:

- Aprender ou aperfeiçoar uma nova língua. Não importa se o objetivo for fazer um curso de idioma básico ou realizar estudos acadêmicos ou profissionalizantes, garantimos que estando em contato permanente com a cultura de destino lhe aportará um domínio avançado da língua. Falar, interpretar e até mesmo escrever será muito mais simples para você.

- Incrementar a autoconfiança. Já imaginou ter um problema doméstico ou imprevisto e não conhecer ninguém para lhe pedir ajuda? Ao estudar no exterior estas situações podem ser comuns. Resolver os inconvenientes e lidar com as dificuldades do dia a dia aumentará sua autoestima e a confiança em você mesmo.

- Conhecer novos lugares: Uma vez estabelecido no país de destino, pode aproveitar para passear e fazer turismo. Não se limite ao lugar onde estiver morando, visite cidades vizinhas, e, se for possível, viaje a países limítrofes.

- Fazer novos amigos: Poderá conhecer moradores locais, assim como também pessoas de diversos países do mundo que se encontrem fazendo programas de intercâmbio estudantil. Quem sabe você faz amigos para sempre ou conhece o amor de sua vida!

- Ter maior flexibilidade: Ao estar morando em um país com costumes completamente diferentes, você se tornará mais flexível e aceitará outras formas de viver ou de fazer as coisas diárias, muito diferentes da sua.

- Entender melhor a própria cultura: O contato com outros modos de vida lhe dará uma visão mais ampla sobre sua própria cultura. Ao comparar os modos de ser, entenderá melhor quais são as diferenças e as similitudes entre sua região e aquela onde você fará os estudos.

 

Opcoes para estudar no estrangeiro

 

Quais programas, vistos e opções existem para estudar no estrangeiro?

Não existe só uma forma de estudar no exterior, senão que há diversas opções, de acordo com as preferências e os perfis de cada um dos intercambistas.

- Cursos de idiomas. Para aprender ou melhorar a língua do país de destino. Podem ser de diversas durações: 1, 3, 6 e até 12 meses, de acordo com o nível de intensidade.

- Ano letivo. Implica passar um ano de estudo de ensino médio ou universitário em um país estrangeiro. Em este caso é fundamental revisar a grade de estudos para verificar que não haja diferenças.

- Cursos de pós-graduação. Destinado a aquelas pessoas já formadas que querem fazer um mestrado, MBA ou doutorado no exterior para impulsionar sua carreira.

- Cursos profissionalizantes. Ou especializações em alguma área para aportar um diferencial no seu currículo.

 

Em referência ao visto, a necessidade de contar com uma permissão de entrada e permanência depende do destino, da duração dos estudos e do tipo de intercâmbio que quiser fazer no estrangeiro.

Na maioria dos países, se o visitante for fazer um curso com uma duração inferior a três meses usualmente com um visto de turista será suficiente. Mas, nos casos nos quais os estudos no exterior se estendam por um tempo maior, o visto será requerido.

 

Cada país tem sua própria legislação, por este motivo recomendamos que antes de viajar entre em contato com o Consulado do país de destino.

 

Se for preciso o visto, geralmente é requerido que o estudante tenha:

- Passaporte válido

- Comprovantes financeiros de sustento

- Seguro de viagem internacional

- Passagens aéreas de ida e volta

- Carta de aprovação no processo seletivo da instituição onde se farão os estudos

- Comprovante de matrícula no estabelecimento educativo

- Atestado de boa saúde.

 

Antes de viajar, uma excelente dica é se informar sobre as bolsas de estudo disponíveis, oferecidas por universidades, governos e fundações. Leia os editais e faça sua pesquisa todo mês para ver se existem novas informações.

 

Seguro de saúde internacional para estudar no exterior

 

Seguro de saúde internacional: indispensável para estudar no exterior

Independentemente do tipo de programa de estudo que você escolha fazer, contar com uma cobertura de viagem durante o intercâmbio é fundamental. Sem contar que, em alguns casos, ter um seguro de saúde internacional é um requerimento mandatório para obter o visto de estudo nos países de destino.

Mas, além da obrigatoriedade, é bom que você lembre que os imprevistos não têm hora para acontecer, pois um acidente ou uma doença podem surgir a qualquer momento, sem prévio aviso.

Em termos gerais, as apólices internacionais cobrem emergências e urgências médicas e odontológicas e despesas farmacêuticas, entre outras situações como repatriação sanitária ou gastos de traslado a hospitais e clínicas.

Por último, se decidir estudar no estrangeiro por mais de 3 meses, não se esqueça de contratar um seguro de viagem internacional de estadias prolongadas.

 

Add comment

Security code
Refresh